ANTT ATUALIZA REGULAMENTO PARA TRANSPORTE DE PRODUTOS PERIGOSOS

ANTT ATUALIZA REGULAMENTO PARA TRANSPORTE DE PRODUTOS PERIGOSOS

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016
traseira de caminhão tanque na estrada com numero onu e pictograma de transporte

Escrito por: Tatiana Moneró

A Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT publicou na última sexta-feira, dia 16/12 a nova resolução que aprova as Instruções Complementares ao Regulamento do Transporte Terrestre de Produtos Perigosos.

A Resolução ANTT nº 5.232/2016 foi elaborada com base nas últimas edições do Orange Book, publicado pela ONU (Organização das Nações Unidas) e que é tido como referência para a elaboração de regulamentos para o transporte de produtos perigosos na maior parte dos países.

A nova resolução substitui a Resolução ANTT n°420/04 e as empresas terão o prazo de 7 meses para cumprimento das exigências.

Tratando-se de documentos de segurança, esta atualização pode trazer impactos na seção 14 da FISPQ e na seção 11 da FDSR, as quais são preenchidas com informações sobre transporte e também na Ficha de Emergência, documento este, necessário para o transporte de produtos perigosos em rodovias e ferrovias do Brasil.

Para ter acesso à nova Resolução, clique aqui.

Você está cumprindo efetivamente com os requisitos da Resolução 5232 adotados pela NBR7503?

Agora sua empresa pode cumprir com os requisitos da resolução 5232 criando Fichas de Emergência e rótulos de uma maneira fácil, flexível e com custo acessível.

A solução empresarial da Lisam, o ExESS®, cria, gerencia e distribui Fichas de Informações de Segurança de Produtos Químicos (FISPQ), Safety Data Sheet (SDS), rótulos e maispara os principais mercados comerciais do mundo. O software aproveita as bibliotecas de frases regulatórias e de informações de transporte totalmente integradas e disponíveis em quase 50 idiomas. Construído em Microsoft.NET, uma tecnologia flexível e escalável.

ExESS é uma plataforma global, intuitiva e customizável de criação e distribuição de documentos com interface em diversos idiomas. Saiba Mais

 

Back to news list